quarta-feira, 12 de junho de 2013

Peixes de Praia - Michole-de-areia

Nome científico: Diplectrum radiale
Família: Serranidae

Michole da Areia
Tamanho: Chegam a 30 centímetros.
O que come: Crustáceos e pequenos peixes.

Status de conservação: Não está ameaçado.
Pequenos pedaços de camarão em filezinhos e anzóis pequenos são uma fórmula certa para fisgar micholes em áreas com fundo de areia. Devido à boca grande, mesmo iscas maiores podem ser atacadas, bem como iscas artificiais trabalhadas junto ao fundo.


Distribuição Geográfica: Encontrado no Atlântico ocidental, desde a Carolina do Norte e Flórida (EUA), Golfo do México, Bahamas, até o Uruguai. Ocorre por todo litoral brasileiro.

Descrição: Possui corpo alongado e levemente comprimido lateralmente. A boca e os olhos são relativamente grandes para o tamanho da cabeça. A coloração do corpo é levemente amarronzado no dorso e nas laterais, clareando em direção ao ventre, até ficar branco. Possui de 5 a 7 faixas verticais no corpo, de cor amarelado ao marrom, que ficam mais evidentes enquanto o peixe repousa. Uma faixa mediana, mais escura, vai do olho até o pedúnculo caudal, onde possui uma mancha na parte superior do pedúnculo. Linhas azuis percorrem a extensão do corpo praticamente paralelas, e na cabeça essas linhas são irregulares. A  nadadeira pélvica é longa, e a caudal é levemente côncava.
Medidas máximas: 30,0 cm de comprimento e 1,0kg.

Ecologia: Vivem em fundos de areia, desde estuários e praias a baías abertas, costões e recifes, entre três e 80 metros de profundidade.  Habita águas rasas e abrigadas, com preferência por águas quentes. Podendo ser encontrados também em naufrágios ou formações rochosas afastadas da costa. Vivem solitários em pequenos buracos nos fundos arenosos ou debaixo de pedras. Se alimentam de pequenos crustáceos e pequenos peixes capturados próximos do fundo.

Mais nomes populares : Canguito, Jacundá, Margarida, Michole, Michole da areia, Michole de areia listrado, Michóli e Mixole.

Michole-da-Areia

Nenhum comentário:

Postar um comentário