terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Peixe Espada Brutal - Pescaria Praia do Trapiche - Penha - SC

Para aproveitar muito bem o feriado, para variar fui pescar. Sr. Nelson estava ficando agoniado para pescar, já fazia quase um mês da ultima vez que foi, combinamos sair as 13:30h para aproveitar e pescar uns peixes de fundo.

As 14:30h já estávamos nos arrumando no barco para irmos para as chamadas "Casinhas dos Marisqueiros", desta vez foi conosco dois novatos Sr. Wilson, Simon e Junior, segundo eles não eram novatos a pesca de peixe espada mas era a primeira vez que estavam nas balsas dos maricultores.

Tralha instalada com corda de segurança para as varas.

Me instalei, arrumei cadeira, vara com toda a tralha para pesca, corda de segurança, isto mesmo, da ultima vez se não tivesse colocado uma corda de segurança teria perdido meu molinete, pois a espada bateu com força e soltou o molinete do assistente.

Com minha vara combate da Mariner Sport com meu molinete XT 4000, fiquei tentando alguma coisa com a isca JUMPING MASTER 32G da Deconto. Para deixa-la mais matadora envenenei com um anzol adicional na parte superior. Durante toda a tarde nenhum sinal de peixe, mas acredito não ser culpa da isca, pois tinha 8 outras varas iscadas com charuto e camarão também ficaram sem nem um beliscão.

Quando começou a escurecer troquei a artificial por um conjunto de pesca de espada (Dicas de um Pescador: Tralha para Pesca de Peixe Espada) e deixei posicionada ao fundo por volta de 7 metros minha outra vara de 1,6 com o XT6000 coloquei boia com chicote de 1m e deixei mais longe da Balsa.

Visão da Balsa para a praia.

Realmente a pesca de espada é uma pesca Bruta, pois mesmo estando bem acomodado sentado e com lanche para a noite, estamos em um local mal cheiroso, cheiro de peixe misturado com "titica" de gaivota que possa no teclado da balsa. Sempre bate vento e a balsa balança muito, alem de você estar preparado para ficar no local durante 12 horas seguidas, afinal não é todo mundo que aceita sair as 13:30 de casa e voltar por volta das 4 da manhã, todo sujo, cheirando mal e se a pescaria for muito boa pegar 8 peixe. Mas vai ver que é nisto que mora toda a emoção, pesca brutal, onde o peixe manda mesmo.

Primeira Espada da Noite

Logo que começou a escurecer minha vara de fundo respondeu com várias "cabeçadas de peixe", como chamam quando o peixe dá várias puxadas. Peguei a vara, botei força e tirei a primeira espada da noite, tamanho média 1,20m, animou o pessoal já que estávamos por volta de 6 horas sem ver peixe algum.
Alguns minutos depois minha boia mais longe respondeu indo para o fundo, nestas horas que me confirma como é bruta a pescaria de espada, tem que botar força para fisgar o bicho mesmo, reboquei o bicho e tirei a segunda espada. Mais alguns minutos e novamente mais uma tirada do fundo, Simon então trocou sua vara para pescar ao fundo também.

Para não deixar o Sr.Nelson tão aborrecido pintou um Bagre cinza que brigou bonito até ser tirado. Já eram 11:00h e até o momento cinco espadas foram tiradas, 3 minhas e 2 do Simon. Sr. Wilson e Junior discidirão ir embora, acho que estavam meio "mariados" e o Zé (Nosso barqueiro) buscou os dois. Começou então a cair uma chuva calma mesmo aparecendo relâmpagos no horizonte, em Blumenau caía muita água.

Como já prevíamos logo após a chuva as espadas bateram, teve momento que estava tirando uma e a outra vará respondia tendo que largar a que estava na mão e fisgar o peixe na outra. Fomos tirando até a 1:00h da manhã, onde eu tinha tirado 8, Simon 12 e Sr. Nelson 5, uma de 2,5kg quase 2m.

Misteriosamente como são os peixes espadas, sumiram e então dissidimos voltar para casa já eram 2:30h da manhã. Par finalizar uma ultima puxada ao qual fui fisgar o peixe e ví outra espada atacar o cordão que arrebentou, por esta não esperava, que bicho mais bravo e imprevisível.

Minha pilha de Espada, tem frito para pai, sogro, irmão...

Cheguei em casa por volta dar 4:30h da manhã, deixei para limpar o peixe após tomar um bom banho e dormir um pouco.
Pescar espada é mesmo radical, já estou contando os dias para a próxima.

Parte ruim, limpar o peixe, mas tudo faz parte da pescaria.

2 comentários:

  1. Amigo bom dia

    Pesco com frequência nos costões do litoral (Penha, Porto Belo, Bombinhas, etc), mas nunca pesquei nas Casinhas dos Marisqueiros, vc teria o contato da pessoa que leva para pescar nesse local?

    Att.

    Everton Geisler

    ResponderExcluir
  2. Muito legal!!!
    Tem essa loja de pesca muito boa que costumo comprar http://www.tucunarepesca.com.br/varas
    Recomendo

    ResponderExcluir